quarta-feira, 24 de abril de 2013

As melhores da padaria # 23

Atenção, o post que se segue contém linguagem bárbara!
(Só quem serve à mesa é que vai sentir o mesmo que eu)

Eh pá, se há coisa que me deixa para lá de fodida, são aqueles clientes bardamerda, que entram na loja, têm toda uma sala à sua disposição, mas fazem questão de se sentar na puta da mesinha que tem 320762 chávenas e 637263 pratos e 8971238973810 papéis ainda por levantar!

Hoje, para não variar, isso aconteceu. Mas aconteceu com uma velhotinha, que podia ser um amor de pessoa, mas antes prefere fazer-me a vida num inferno.

Levei-lhe o costume depois de levantar as 3786378432974 coisas que tinha na mesa!
E a conversa foi a seguinte:

Velhota: Ontem o leite estava muito quente!
Cat: (sem olhar) e porque carga de água não disse?!
Velhota: Não te queria chatear!
Cat: (pensa) isso é o que fazes quando respiras!
Velhota: Hoje, o leite, está frio!
Cat: Mas você já bebeu o leite! Porque não avisou?
Velhota: Para não te chatear!
Cat: Mas você adora chatear-me para quê está para aí a ser irónica?!
Velhota: Cala-te mazé e faz o que te digo!

Foi nesta altura que mentalmente peguei numa espada Samurai e a desfiz aos bocadinhos!
Ora foda-se! Eu acordo sempre bem disposta, hmm hmm, mas depois acontecem as "pessoas"!

8 comentários:

Atena disse...

Trabalhar com público directamente por vezes dá vontade de cortar os pulsos...

Mia disse...

olá cat, não te chateies com isso!
Também já servi à mesa e já aturei cada uma, cheguei à conclusão que essas "pessoas" são frustradas e, já saem de casa com este tipo de cenas preparadas mentalmente, quem sabe não ensaiam na sala.
Entra na onda! (eu sei que é dificil)

já agora, adoro o teu blog... viciada

1 disse...

Detesto essas velhotas!!!
P%$@ que as pariu.......

Amora, haja paciência...

Cat disse...

Sério?! *.* Pensa positivo: na tua mente ninguém sabe o que se passa e tens todo um vasto leque de formas de tortura à tua disposição xD

a Gaja disse...

Aturar clientes não é tarefa fácil, levamos com todas as frustrações deles...paciência, muita paciência.

Kat disse...

Ahhh as saudades que eu tinha das "melhores da padaria" :D
Odeio pessoas que desvalorizam o atendimento ao publico, tratando-nos como se fossemos "escravos".

Pestinha disse...

Eu sofro do mesmo mal que tu, as pessoas pensam que são donas e senhoras de tudo e esquecem-se que não temos de levar com o mau humor delas em cima...

ehehehhehe

Kiss**

Pestinha disse...

Já tinha saudades destas crónicas...

Nada como começar a semana a ler-te!

ehehehe

Kiss**