quarta-feira, 18 de março de 2015

Trabalho com algumas personalidades do mundo da moda.














Grande merda!!


Realmente a comunicação social faz deles uma coisa que não são. De todo!

Fora isso estou a adorar o meu novo trabalho!

segunda-feira, 16 de março de 2015

My first day

Hoje foi o primeiro dia no meu departamento, depois de uma formação de 4 dias.
Eu agora trabalho no mundo da moda e das tendências ... e dos wannabe José Castelo Branco!

P.S.: Eles têm carteiras MK (woman). Coisa que nunca vou ter na vida! Ora e de se ficar f*dida da vida minha gente. Cambada de invejooosas.


Nota:  nem acredito que coloquei uma foto do White Castel aqui no blog. Gosh! 

domingo, 15 de março de 2015

O título era para ser este: O melhor de nós em tudo o que fazemos - Agora desempregada

"À coisa de um ano e meio escrevi este post onde mencionei que possivelmente dentro de alguns anos estaria a escrever um outro idêntico.

Não venho aqui escrever nada que se pareça.

Venho aqui contar o pesadelo em que vivi nos últimos tempos."


No dia 1 de Março comecei a escrever este post. E sem motivo aparente não o terminei.
Entre o dia 1 e o dia 6 muita coisa mudou, e o que ia escrever aqui deixou de fazer sentido.


Muito resumidamente: iria escrever sobre o inferno que foi trabalhar naquele escritório pelo qual deixei a padaria, durante 1 ano e meio quase. Fui explorada, espezinhada, enganada, humilhada... sofri assédio moral e sexual. E nunca tive testemunhas, visto ser a única colaboradora da empresa. Vivi com medo. Escondi muita coisa à minha família, ao meu namorado e aos meus amigos. Tive medo de represálias. Até ao dia em que cheguei ao limite (finalmente) e resolvi deixar tudo sem ter uma perspectiva de trabalho e ficando com o peso na minha consciência de que não iria ter dinheiro para pagar as minhas contas. E acreditem que não é de animo leve que se toma assim uma decisão. É preciso estar muito ciente e desesperado para conseguir dar um passo assim.

Mas aqui estou eu. E porque acredito que Deus não me abandona e sempre ilumina todos os meus passos, no espaço de 5 dias úteis consegui um novo emprego. Não sei se é melhor ou pior, mas pelo menos tive a sorte de entrar numa grande empresa, em franca expansão, multinacional, para um cargo cómodo, a ganhar razoavelmente bem. A isto eu chamo fé. Vi a escuridão na minha frente quando sai daquele escritório batendo a porta atrás de mim. Mas fechei uma porta e imediatamente se abriu uma janela. Só me resta agradecer a Deus e aos meus, por todo o apoio.


A todos que se sentem oprimidos no emprego, apelo: sejam fortes, lutem por sair daí. Vocês merecem melhor. Ninguém merece ser espezinhado, humilhado e "vandalizado" interiormente. 

Amanhã é  meu primeiro dia, desejem-me sorte.


quinta-feira, 5 de março de 2015

Tempo de antena do D. #1

Vocês não sabem, mas o meu namorado é um postal!
E de vez em quando lá diz umas proezas com graça.
De hora avante vou deixar-vos algumas pérolas com que ele me prenda todos os dias.

A de hoje:

"nice to meet you in the nice room"

(ele fala muito bem inglês. Not!)



quarta-feira, 4 de março de 2015

O meu novo trabalho a tempo inteiro é...

... é estar na biblioteca cá da city a fazer uma busca intensiva de ofertas de trabalho.

However, sempre que venho para aqui, (que até é um sitio agradável e tem um barzinho porreiro com uma promoção de café + bolo de cenoura = 1€), saio super traumatizada.

Só me aparecem duques.

Na segunda-feira estava aqui um moço a ver umas fotos de uma moça overweight a mostrar as mamocas! Fotos enviadas via chat. Que encantador.

Hoje aparece-me o clone do barbas do "Benfas", senta-se a minha frente, manda uma posta de pescada para o ar porque estou a carregar o meu portátil e portanto ele não pode carregar o dele. Esteve o tempo todo a falar sozinho, num dialecto estranho (tive medo que me estivesse a fazer uma macumba) e além disso, sempre que olhava para mim rangia os dentes! Agonia senhores. Agonia, foi o que senti.

É preciso ter medo desta biblioteca. Não está assombrada, mas já não falta tudo!


(E que tal o texto, metade pt e metade Ing à laia do emigra que vem passar férias à santa Terra? Agradeço um desconto já que ando a cruzar-me com gente xéxé!)