segunda-feira, 14 de Abril de 2014

É só

"Há palavras que nos beijam como se tivessem boca."
Há palavras que nos ferem como se fossem chicotes. 

É só o que há para dizer. 

segunda-feira, 7 de Abril de 2014

Olá e boa noite.

Cheguei agora a casa do trabalho e só consigo odiar quem teve tempo para ver o primeiro episódio da temporada nova de game of thrones. 
Também, só tenho tempo para isso mesmo neste momento! 
Olá e boa noite. Por aqui tem-se perdido muito tempo a trabalhar, a amar e ser feliz. Mas a bem ou a mal vou "voltando". Beijo. 

sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

About Time

A descrição que me fizeram: é engraçadinho, dá para passar o tempo!

O que eu achei: só quem anda de coração cheio vai gostar deste filme. Amei. Não é perfeito, não tem uma realização xpto, nem a fotografia nem o argumento, blá blá! Não entendo nada disso. Só sei, que vê-lo deixou-me feliz.

Aconselho.






terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

Cof Cof

Estou ao telefone Cof Cof. Com uma senhora Cof Cof Cof. Que não Cof consegue Cof parar de tossir Cof Cof!
O Cof Cof Cof problema Cof disto, é que Cof Cof Cof Cof de tanto Cof ela tossir Cof Cof, até eu Cof Cof Cof Cof fiquei com tosse!


segunda-feira, 10 de Fevereiro de 2014

Conclusões de uma vida

De um dia para o outro, descobri aquilo que deveria ter descoberto antes dos 18:
Uma profissão que possivelmente me iria preencher.

Não que odeie o que faço (mas já odiei, vocês sabem). Trabalho na industria do calçado a nível internacional. Um bom emprego que poderá abrir muitas portas para mim, mas com muito muito trabalho e sacrifício, muito sacrifício.
Mas só agora me apercebo que gostaria de estar ligada ao design gráfico, à criação. Não entendo nada do tema, mas toda essa área me fascina, morro de curiosidade e gostava mesmo de aprender.
Mas com a minha idade há outras prioridades. E aprender hoje em dia é quase um luxo e por vezes um luxo que acaba por ser tempo perdido. E tempo é dinheiro!

O meu irmão está no 9º ano agora. E não sabe para que é vocacionado. E foi então que cheguei à conclusão que não sabemos realmente o que queremos quando somos novos, que muitas vezes somos iludidos ou induzidos em erro. E parecendo que não, tudo isso pode levar a um declínio da nossa vida, da nossa felicidade! É fácil dizer "vais sempre a tempo". Só não é fácil concretizar. ;)

Maybe one day.