segunda-feira, 14 de maio de 2012

# 308

Os erros que vamos cometendo ao longo da nossa jornada são inteiramente nossos, de uma forma consciente ou inconsciente. Nem sempre errar é sinal que só fazemos o errado, pois é com os nossos erros que aprendemos a fazer o que nos parece ser mais correcto.

Eu já cometi muitos erros que me ajudaram em alguma etapa da minha vida. Mas por norma, como sou casmurra, raramente vou pelo mesmo caminho. Posso cometer um erro parecido, mas nunca o mesmo. E é quase como um ciclo vicioso pois vejo-me vezes sem conta, a fazer quase as mesmas coisas e a ter de achar soluções diferentes.

Portanto, tenho vezes em que só faço merda.
Ainda não sei o que fiz no sábado à noite. Estou à espera de uma sentença.

Realmente o mundo é uma esfera: uns a f*der e os outros à espera.

2 comentários:

Anita Garcia disse...

Quem não arrisca... ;)

Pestinha disse...

A sentença é rapidinha! Gostei do trocadilho da "esfera"...

ehehhehehheh


Kiss**