domingo, 16 de outubro de 2011

#35

Aquele sentimento estúpido continua aqui dentro.
Deves achar que sou bipolar. Ora uns dias quero-o longe, ora outros quero que ele volte.
A verdade é que no fundo, mesmo lá bem no fundinho, eu ainda acredito que ele pode voltar.

Não há remédio para a minha doença.